O plano de negócios é a chave pra sua empresa

Empreender tem sido cada vez mais comum em nosso país e isso se deve aos momentos de crise que o Brasil e o mundo tem passado. Cada vez mais, as pessoas buscam criar seu próprio negócio como uma maneira de escapar dessa maré ruim.
O que devemos lembrar é que não basta apenas a vontade de ser dono do seu próprio negócio, é necessário também muito planejamento.
Infelizmente, muitas empresas fecham as portas antes mesmo de completar um ano de existência e isso acontece porque na ânsia de empreender muitos acabam cometendo erros pelo caminho.Esse planejamento deve ser feito através de um Plano de Negócios que, nada mais é que, um documento com as informações necessárias para iniciar a abertura de uma empresa. Em posse dele, o empreendedor terá uma melhor visão de mercado e mais informação sobre o setor escolhido.
Muitos não tem ideia de como começar e como criar este documento, mas saiba que ao fazê-lo, você pode evitar muitas dores de cabeça, pois ele vai nortear o seu caminho e facilitar a sua vida de empreendedor.

Como criar o Plano de Negócios

O ponto inicial é definir quais tipos de serviços e/ou produtos serão oferecidos e fazer uma ampla pesquisa sobre os mesmos. Em seguida, deve definir qual o público-alvo e quanto tempo será necessário para obter de volta o dinheiro investido.

Defina também qual o enquadramento tributário e o capital social para inicio do negócio. Neste capital é interessante acrescentar um investimento para o marketing que será de total importância, principalmente nos primeiros meses.
Tão ou mais importante que os passos anteriores é a análise financeira. Deve ser computado todos os gastos e investimentos fixos e variáveis, além de estimar capital de giro e faturamento mensal da empresa. Nestes investimentos devem estar inclusos os custos de materiais e matérias-primas.

Ao final do Plano de Negócios é recomendável que o empreendedor faça simulações de valores com relação as vendas, que devem ser pessimistas e otimistas. É uma maneira de tentar de precaver no caso de uma situação desfavorável e já pensar em ações que solucionem os problemas.

Mesmo ao final do processo, é interessante que o empreendedor revise o Plano de Negócios periodicamente, inclusive após a abertura da empresa. Isso faz com que o negócio ande nos trilhos e diminui consideravelmente as chances de fechamento.