Como calcular o valor para iniciar o seu negócio?

Iniciar um negócio requer planejamento e muita organização para que tudo funcione da maneira correta. O alvo do empreendedor é o sucesso e para isso é preciso estar atento aos detalhes.

Tenha em mente qual tipo de negócio vai criar, seu público-alvo e, principalmente, quanto vai investir e em quanto tempo obterá o retorno deste valor.

A maneira mais fácil de conseguir pensar nestes pontos com clareza é através de um plano de negócios. Esta plano vai lhe ajudar a identificar em que ponto sua empresa se encontra e o que você precisa fazer para os próximos passos.

Mas a pergunta que não quer calar é: quanto vou investir?

O primeiro ponto a ser verificado é a respeito da abertura da empresa. Os gastos com documentação, abertura de CNPJ, pagamento de taxas, alvarás, licenças, honorários contábeis, entre outros. Se achar interessante, crie uma planilha detalhada.

Essas informações são a parte burocrática, documental, mas lembre-se que a abertura engloba outros pontos: máquinas, equipamentos, decoração, ponto comercial, logomarca, website, móveis, propaganda e material gráfico.

O plano de negócios deve ser feito com o máximo de cautela e tudo deve ser levado em consideração, sejam gastos pequenos ou grandes.

As despesas mensais devem ser calculadas também independentemente se são fixas ou variáveis. Os custos fixos são todos aqueles que são necessários para empresa funcionar sem problemas. São os seguintes: salários, comissões, aluguel, luz, internet, marketing, manutenção, materiais de limpeza e escritório, sistemas de segurança, seguro, etc.

Os custos variáveis podem ser qualquer coisa inesperada e por isso não é possível calcular com exatidão. Mas nem por isso deve ficar de fora. Faça uma estimativa de valor e coloque na sua planilha.

Por fim você deve analisar e estimar quanto tempo de operação será necessário para você começar a ter lucro e aí saber quanto deve ser investido.