Contabilidade e empreendedorismo: a importância de um para com o outro

Ter boas ideias apenas não basta, saiba, então o quão fundamental é o trabalho da contabilidade para o empreendedor

O que faz um escritório contábil?

Essa é uma grande dúvida no mundo dos negócios, mas quando compreendida pela gestão da empresa é muito importante principalmente de forma prática.

Um escritório contábil quando parceiro de uma empresa auxilia essa empresa com dados técnicos e ferramentas estratégicas e nesse auxilio de gestão a empresa pode dar grandes passos no mundo dos negócios.

Segundo pesquisas desenvolvidas pelo SEBRAE, que ainda mais é que o Serviço de Apoio a Micro e Pequenas Empresas, os serviços de contabilidade são os mais procurados pelos empresários, já que por questões financeiras, um negócio quando é aberto tem cerca de dois anos de sobrevivência, uma média muito curta.

Até por isso mesmo, um escritório de contabilidade precisa estar preparado para receber seus clientes com um atendimento próximo, pessoal, mas sem perder a eficácia do profissionalismo.

O escritório de contabilidade e a sua parceria gera uma grande relevância no projeto empresarial, até porque através de pesquisas pelo próprio Serviço de Apoio a Micro e Pequenas Empresas as empresas tendem de pequeno e médio porte tendem a fechar nos seus primeiros dois anos, por isso mesmo o planejamento estratégico numa empresa precisa driblar essa realidade, definindo o posicionamento da empresa, seu capital de giro e por meio dos seus processos financeiros gerando uma captação de clientes qualificado em tiros certos em estratégias de comunicação efetivas.

A fonte de informações do escritório de contabilidade, trás um planejamento financeiro e jurídico que agrega muito no contexto comercial da empresa. Um bom serviço de contabilidade é a linha tênue entre o seu negócio viver sempre em perspectiva de crescimento e controle técnico ou no limite das contas. Até porque além de contribuir com as questões financeiras, a contabilidade pode gerar um controle técnico e de assessoria em relação a instituições legais e governamentais.

Quando um empresário se atenta a um controle de contabilidade, dá um gás muito forte ao seu projeto empresarial. Empresários de pequeno porte tendem a desprezar as questões contábeis até pelos recursos financeiros escassos em relação as empresas de porte maior. A contabilidade não é uma vara de condão, mas é um auxiliador para organização da gestão empresarial. É um projeto técnico que facilita, mas não tira a importância do trabalho duro.

Questões Tributárias

É muito comum que os contabilistas sofram com reclamações relacionadas aos tributos e a receita federal. Nesses casos, uma agenda de desenvolvimento de lucros é extremamente importante no processo, já que o governo suga mensalmente mais de 30% do lucro dos negócios. O escritório de contabilidade pode auxiliar fazendo uma espécie de assessoria jurídica e financeira.

Entretanto, da mesma forma que é necessário a atenção da empresa, via escritório de contabilidade, é importante que a empresa também tenha essa tenção com os seus funcionários, no que se refere as questões de Previdência Social e da Carteira de Trabalho.

De modo geral, o escritório de contabilidade, de forma técnica que compete fazer, serve para tirar o peso dessas questões jurídicas financeiras do empreendedor.

Lucratividade

Todos os departamentos precisa ter definido a margem e a meta de lucro fixa e periódica. A sociedade da empresa precisa estar ciente dessas margens, já que existe um cuidado especial quanto a questão de relacionamento e divergência entre a sociedade, já que influi diretamente na saúde da empresa como um todo. Por isso, o serviço de contabilidade precisa sempre ter o controle financeira para que toda  a margem de lucro e desenvolvimento de investimento esteja a par da gestão, investidores, sociedade e de forma gradual sendo passada para a empresa num todo.
Cheio de preocupações técnicas e de gestão, os empreendedores precisam ter essa segurança de que as questões financeiras estão sob controle do escritório de contabilidade e não se desgaste, em todos os sentidos.
De modo geral, o escritório de contabilidade, de forma técnica que compete fazer, serve para tirar o peso dessas questões jurídicas financeiras do empreendedor.

Formalize o seu MEI em quatro passos

E faça parte do time de microempreendedores individuais

Antes de qualquer coisa, fique ciente que todo o processo de abertura e formalização do Microempreendedor Individual, não desprende custos ao empreendedor que interessar. O processo é gratuito e pode ser feito virtualmente, no Portal do Empreendedor.

Porém, é natural que no processo você venha necessitar de uma consultoria contábil para manter em ordem todas as suas finanças e processos burocráticos. Por isso, neste artigo vamos fornecer uma primeira consultoria contábil no que se diz a respeito da abertura e formalização do MEI para que você venha desempenhar o seu serviço de forma autônoma.

A abertura, bem como a formalização e a declaração no primeiro ano pode ser feia também gratuitamente por meio de serviços contábeis, por meio do Simples Nacional.

O MEI não precisa obrigatoriamente ter um contador, mas o indicado é que você tenha um de suporte para a apresentação de documentação e cuidado financeiro. Antes de definir uma contabilidade para cuidar do seu CNPJ, busque algumas consultoria contábeis e veja se essas contabilidades podem ajudar em seu processo.

Passo 1:

Pesquise. Entre no Portal do Empreendedor e procure saber, primeiramente, as atividades que o MEI permite que você venha a desempenhar de forma autônoma. Também observe as condições regionais locais para desempenhar determinado serviço como microempreendedor individual. Também faça um balanço de prognóstico que pode ser pré-definido numa consultoria contábil. O lucro líquido da empresa não pode superar 60 mil reais e ao formalizar a sua empresa num sistema de microempreendedor individual, você precisa compreender que terá um limite para receber por seus serviços, este, atualmente, de 60 mil reais.

Passo 2:

Entre no site “Portal do Empreendedor” por meio do endereço: portaldoempreendedor.me. Através do próprio site você terá encaminhado o processo de cadastramento do seu MEI em poucos minutos e de forma gratuita. Mas se ainda houver dúvidas específicas quanto ao cadastro do MEI, o ideal é entrar em contato com o SEBRAE, que disponibiliza gratuitamente um telefone para contato em: 0800-570-0800.

Saiba tudo sobre planejamento estratégico

E também entenda como os serviços contábeis podem contribuir

Todo planejamento para ser efetivado precisa estar bem detalhado, montado e prescrito. Planejamento é sinônimo de controle e este no campo empresarial precisa estar sempre na mãos dos gestores da empresa. Para que esse trabalho personalizado venha ser bem sucedido, é extremamente importante que ele esteja na mão de um serviço de contabilidade, o motivo é que o acesso fundamental aos números e os estudos e planejamentos bem definidos por meio desse setor da empresa, é fundamental para que a gestão venha ter em mãos um planejamento especificado.

Dentro os número a serem estudados e que interferem na política de planejamento empresarial, se encontram os lucros, as idealizações financeiras, método de trabalho e tudo o que influi na forma que o seu produto se apresenta e o fluxo de vendas que ele vem tendo.

PRINCIPAIS INDICADORES DE PLANEJAMENTO

Lucratividade do negócio

Lucro líquido dividido por Receita total multiplicado por 100.

É o mínimo que um gestor de empresa precisa saber sobre o seu negócio, o percentual de lucro. Esse percentual é variável por diversos e pre-determinados valores já conhecidos. Por isso mesmo, é fundamental o ação do serviço de contabilidade nesse setor.

Crescimento mensal

Receita atual dividido e Receita do mês anterior divido pela receita anterior multiplicado por 100.

O lucro é variável, como já citamos no artigo. Em um mês a sua empresa pode quebrar recordes por meio do desempenho positivo de um departamento, por fatores ambientais, programação etc. A média de ganho e lucro pode variar, o que não pode acontecer é justamente ocorrer essa variação sem o conhecimento dos motivos por parte da gestão da empresa. Por meio de análise, números e planejamento estratégico esses números precisam ter paradeiro e precisam ter uma definição interna e onde será ajustado para a manutenção da saúde financeira da empresa num todo.

Conversão de vendas

Contrato fechado divido por clientes atendidos multiplicado por 100.É por meio dos indicadores de conversão de vendas que você poderá analisar se a sua empresa tem sido efetiva no oferecimento do produto ou serviço, e também se o plano de marketing e comunicação está sendo bem explorado e gerando resultados. A resposta do cliente as estratégias de mercado movimentam todo o conceito interno da empresa, podendo resultadas em mudança de filosofia e forma de trabalho tanto em alguns departamentos quanto na empresa como um todo.

Participação no mercado

Volume de vendas dividido pelo faturamento total e faturamento segmentado multiplicado por 100.

É uma prática também denominada Market Share e consiste numa análise de mercado de forma ampla, que demonstra a atuação da empresa, se está sendo produtivo, ou não.

Produtividade

Produto gerado dividido pelo recurso utilizado.

Essa produção pode ser relativizada quando observada de um todo, então para evitar injustiças, o ideal é observa-la de forma setorizada, para que você, como gestor, venha a primar pelos departamentos e funcionários que têm despenhado bem a s suas funções em detrimento de outros que têm prejudicado o trabalho como um todo. Assim como time que está ganhando não se mexe, as estratégias que têm gerado algum resultado prático venham a ser mantida no planejamento e na gestão da empresa.

Funcionários

Número de funcionários dividido pelo período multiplicado por 100.

O Turnover, como é chamado esse tipo de perspectiva, calcula o desempenho dos funcionários por meio de uma análise geral e de departamentos, levantando estratégia motivacionais, cálculo  de metas e comissão e até produtividade para possíveis promoções, dispensas e trocas de departamento.

DEFINIÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO

Como há diferentes tipos de indicadores, automaticamente eles serão específicos dentro da realidade e a estratégia pré-definida pela sua empresa.

De modo geral, esses indicadores terão como visão geral a redução de custos desnecessários e a otimização de recursos da empresa.

Existem alguns indicadores estratégicos universais, mas quanto mais próximo da realidade da sua empresa ele for definido melhor é para todas as perspectivas do negócio em si.

Saiba construir o seu patrimônio empresarial

Aplique uma gestão empresarial bem definida em sua empresa, com foco no seu patrimônio

A discussão quanto a contextualização do patrimônio é de um campo extremamente relativo. Há uma linha tênue entre a teoria e a prática. Na prática, ela faz parte do processo de serviços de contabilidade. Isso porque é importante estar em um campo mais técnico, justamente para retirar essa responsabilidade do próprio gestor, colocando em termos contábeis para que o enfoque da gestão da empresa venha a ser a parte técnica de produção e distribuição do produto ou serviço, enquanto cabe aos serviços contábeis tais análises financeiras práticas.

Basicamente, o patrimônio calcula os bens da empresa de forma geral, mas engana-se que isso trata apenas de entrada e aquisições. De uma agulha a um funcionário, tudo o que a empresa adquire é um bem, por outro lado, os gastos e saídas também entram na contabilização do patrimônio.

Acompanhe esse artigo e saiba melhor o que define, via serviço de contabilidade, o patrimônio da sua empresa.

IMPORTÂNCIA

A gestão financeira empresarial e a definição de patrimônio é semelhante a gestão financeira da vida pessoal, pois precisa de organização e definição pessoal de entradas e saídas, gastos e recebimentos. Ou seja, um empreendedor precisa dividir as suas contas pessoais e da empresa, mas a parte prática a administração pouco muda, apenas os valores e necessidades.

Para uma empresa, o empreendedor precisa ter bem definido quais são os seus gastos e identificá-los. E os gastos precisam ser definidos dentro de um contesto variável, ou seja, aqueles gastos que não são fixos e estão dentro de um campo de eventualidades, e os gastos fixos. Um bom exemplo pode ser visto, por exemplo, em uma gráfica, que tem o gasto fixo com cartuchos, papéis etc, mas um gasto variável quando uma máquina tem algum problema ou precisa ser trocada.

Definir e colocar no papel de forma específica e bem definida parece ser simples, mas faz parte de um serviço de contabilidade. Muitos empreendedores acham que podem fazer isso sozinho por saberem que a prática de levantamento de patrimônio empresarial é semelhante à da sua pessoal, mas esquecem que na sua vida empresarial muitas são as responsabilidades, sendo assim, nada melhor do que alguém cuidar especificamente da us gestão de patrimônio para que a gestão da empresa não venha focar apenas no patrimônio e deixar a produção de serviço para trás ou não focar devidamente no patrimônio, por isso a construí-la dentro de um serviço de contabilidade é de fundamental importância.

MODO DE CALCULAR O PATRIMÔNIO

Para que você possa calcular o seu patrimônio, precisa o definir em forma líquida, ou seja, quanto você lucra no mês? Isso é de extrema importância para a saúde financeira da sua empresa, pois define muito a sua sobrevivência. Quanto menor o porte da empresa, mais esse cálculo serve como uma linha de sobrevida que define sucesso ou fracasso do negócio.

Até mesmo por isso, faz-se tão necessário a parceria com um serviço de contabilidade competente, que não só analisará números, mas pode produzir estudos de crescimento financeiro da sua empresa. Essa eficácia, é extremamente importante para a continuidade do seu projeto.

PRÁTICA

Concluindo a definição de patrimônio empresarial, claro que não poderíamos esquecer da aplicação prática.

Para colocá-lo em prática, precisará separar os ativos e os passivos financeiros, ou seja, os ativos pode ser definidos por aquilo que não muda e talvez você só gastará uma vez, na efetivação da compra (caso não venha ser parcelado). Maquinários, computadores, peças e tudo aquilo que você, como empresário, venha receber no nome da sua empresa. Já os passivos entra nas contas a pagar, gastos com os maquinários (por exemplo, os cartuchos da impressora que precisam ser trocados dentro de uma periodicidade específica).

Fazendo isso, você já terá noção da entrada fixas e triviais da sua empresa e também da saída, o resultado do cálculo será o resultado do lucro líquido da sua empresa.

O estudo deste cálculo precisa ser efetivo e de conhecimento da gestão da empresa para que  fórmula venha ser aplicada na gestão prática da empresa que tenha noção exata do seu porte por meio do conhecimento do seu patrimônio.